História do MUDAR

UNIDOS FAREMOS MUITO MAIS

História do MUDAR

Crianças e adolescentes, vítimas de exclusão social e/ou em lares sem condições dignas de sobrevivência, por vezes, acabam buscando as ruas, as drogas e a violência.

Diante desse fato e visando reverter a triste realidade dos que, sem ajuda, não conseguem superar os malefícios da exclusão, nasceu o MUDAR Movimento Unificado de Defesa da Criança e Adolescente de Rua, no ano de 1.993, sendo o atual presidente da Diretoria Gilson Lopes da Silva.

O MUDAR é uma associação de interesse público, beneficente, filantrópica, apartidária e ecumênica, pessoa jurídica de direito privado, de fins não econômicos, exercendo suas atividades com autonomia administrativa e financeira no território brasileiro, registrada no CMDCA sob n° 0957/02, no COMAS com o certificado de inscrição nº 1566/2010 e na SMADS com o certificado de inscrição n° 28520.

O objetivo do MUDAR é a proteção dos direitos de cidadão das crianças e adolescentes em situação de vulnerabilidade, além da prestação de serviços socioassistenciais a pessoas carentes e a pessoas que vivem em situação de rua.

A partir de 1997, o MUDAR iniciou a entrega de alimentação aos moradores de rua, o chamado “sopão” por eles. Além da entrega da sopa, outros tipos de assistência passaram a ser prestados a moradores de rua, de albergues, da periferia, vindos de todos os cantos do País e até do Exterior, através do fornecimento de cestas de alimentos, roupas, remédios, internações, material didático, ferramentas, emprego, documentos, atendimentos de médicos, dentistas, psicólogos, advogados, passagens, barbearia, óculos, próteses, acupuntura, massagens, alcançando mais de 24.000 (vinte e quatro mil) pessoas cadastradas e atendidas. Em março de 2006, no Brás, a primeira escola de costura profissionalizante foi inaugurada com 16 (dezesseis) alunos havendo entre eles idosos e uma deficiente física, alijados do mercado de trabalho.

Todo esse trabalho era desenvolvido com os recursos materiais e intelectuais de pessoas generosas, de voluntários. Não havia qualquer subsidio governamental.

Diante das dificuldades em sustentar um trabalho tão abrangente os recursos foram diminuindo e, após 14 anos, encerramos aquelas atividades assistenciais, por falta de recursos.

Uma grande conquista foi a criação, no ano de 1998, do ABRIGO denominado “NOSSA FAMÍLIA” onde, desde então, moram crianças e adolescentes em situação de vulnerabilidade social e pessoal, recebendo atendimento médico, odontológico e educacional. Ao longo de suas atividades, o MUDAR atendeu em seu serviço de acolhimento institucional 112 (cento e doze) crianças e adolescentes.

Desde setembro de 2013, o serviço de acolhimento mantém parceria com a Prefeitura de São Paulo.

DOAÇÃO: